domingo, 24 de janeiro de 2010

JESUS CRISTO HERDEIRO REAL DESCENDENTE DO REI DAVI

"Se, segundo as listas de Mateus e Lucas, Jesus era herdeiro real da Casa de Davi, então a sucessão da dinastia daquela casa terminaria com Jesus, a menos, é claro, que ele tivesse um filho.

"Nas escrituras do cronista palestino Hegesippus, do século II, lemos que Vespasiano ordenou "que a família de Davi fosse perseguida e que não deveria sobrar ninguém que fosse da dinastia real entre os judeus". Portanto, de uma forma ou de outra, a família de Davi era conhecida como ainda existente por volta de 70 d.C."

"Africanus relatou que, mesmo antes de Vespasiano, durante a vida de Jesus, Herodes Antipas (filho de Herodes, o Grande) tinha ordenado a destruição de todas as genealogias aristocráticas. Mas, continua Africanus, "poucas pessoas cuidadosas mantinham registros dos seus próprios... e tinham orgulho na preservação da memória de suas origens aristocráticas. Isso inclui as pessoas... conhecidas como Desposyni".  "Desposyni, quer dizer "herdeiros do Senhor". Como o padre Martin explicou, "era reservado apenas para os parentes consangüíneos de Jesus"

"Hegesippus relatou em seu Hypomnenata (Memórias) que Domiciano ordenou a execução de todos os herdeiros Desposyni de Jesus. Mas, apesar de muitos terem sido agarrados, alguns foram soltos e "com a liberdade, tornaram-se líderes de igrejas, tanto por terem sido testemunhas, como por serem da família do Senhor"

"De Patmos, João escreveu seu Apocalipse. Com relação à perseguição dos Desposyni, ele explicou como uma mulher que nasceu da coroa de Sofia tinha fugido para escapar do dragão imperial que "entrou em guerra com os remanescentes de sua semente, que detêm os mandamentos de Deus, e testemunharam Jesus Cristo". Na tradição cristã da época, Sofia (a deusa grega da sabedoria), que usava a coroa das 12 estrelas descrita em A Revelação, era representada por Maria Madalena, que tinha fugido para o exílio em 44 d.C.  "O exílio seguiu a captura de Pedro e a execução do apóstolo Tiago Boanerges pelo rei Herodes Agrippa I de Jerusalém (Atos 12:1-2)"

"Herodes Agrippa foi morto por envenenamento. Temendo retaliações (implicadas pelos assassinato), os outros apóstolos fugiram da Judéia naquele período. Pedro e Simão Zelote fugiram, mas Tadeu não teve tanta sorte. Ele foi pego no rio Jordão por Herodes, rei de Chalcis (na Síria), e foi sumariamente executado. Maria Madalena apelou por proteção ao jovem Herodes Agrippa II . Ele conseguiu, com muita lentidão, a passagem dela das terras de Herodes para a Gália (França), onde Herodes Archelaus (irmão de Herodes Agrippa) fora exilado, em 39 d.C. "

"Considerando a visão de João sobre a fuga de Madalena para o exílio, é apropriado reconhecer que, antes de discutir a perseguição imperial de "suas sementes, que guardavam os mandamentos de Deus e tinham o testemunho de Jesus Cristo", ele relata que ela estava grávida quando fugiu: "E estando grávida, gritava com as dores do parto, sofrendo tormentos para dar à luz".

Fonte
O Legado de Maria Madalena
Laurence Gardner
madalenaesposa.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário