terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

JESUS CRISTO APÓS A RESSUREIÇÃO VISITOU OS INDIOS AMERICANOS O POVO NEFTAS


Jesus Cristo após sua ressurreição teria visitado os ancestrais dos índios americanos, o povo Nefitas; é o que afirma o livro de NÉFI. Nesta matéria vamos conhecer mais detalhes sobre esta revelação

NEFITAS - Grupo de pessoas muitas das quais eram descendentes do profeta Néfi, filho de Lei. Este grupo era uma ramificação mais justa e honrosa do povo Lamanitas. Segundo consta foram três os grupos do oriente conduzidos à América. Um grupo veio da Torre de Babel e outros dois vieram de Jerusalém no período anterior ao cativeiro Babilônico, cerca de 600 AC. Eles conheciam a profecia da vinda do Messias e se dividiam em crentes e descrentes que se enfrentavam em sangrentas guerras. São os antepassados dos índios americanos. Segundo o Livro de NÉFI, Jesus Cristo, após sua morte, teria ido as Américas converter a maioria descrente dos Nefitas em respostas aos Nefitas justos.

PASSAGEM DO LIVRO DE NEFÍ
SOBRE A VINDA DE JESUS AS AMÉRICA
INTRODUÇÃO

O pai da testemunho de seu filho Amado - Cristo aparece e proclama a sua expiração - O povo apalpa-lhe as marcas das mãos, dos pés e do lado - Eles clamam Hosana - Ele determina o modo e método de batismo - A doutrina de Cristo é que os homens devem arrepender-se, ser batizado e receber o Espírito Santo.

Fato ocorrido aproximadamente em 34 d.C.
3 NÉFI capítulo 11

E então aconteceu que havia reunido uma grande multidão de NEFITAS - O
SANCESTRAIS DOS ÍNDIOS AMERICANOS, nos arredores do templo que
ficava na terra de ABUNDÂNCIA (Terras Americanas); e estavam
maravilhados e surpresos e mostravam uns aos outros as grandes e
maravilhosas transformações que haviam ocorrido. E também
conversavam sobre esse Jesus cristo, de cuja morte havia recebido o sinal.

E aconteceu que enquanto estavam assim conversando uns com os outros, ouviram uma voz que parecia vir do céu; e olharam em todas as direções, porque não entendiam a voz que ouviam; e não era uma voz áspera nem forte; entretanto, apesar de ser uma voz mansa, penetrava-lhe até o âmago, de modo que não havia parte de seu corpo que não tremesse; sim, penetrou-lhe na própria alma e fez-lhe arder o coração. Eis que na terceira vez compreenderam a voz que ouviram; e ela lhes dizia: “ Eis aqui meu Filho Amado, em quem me comprazo e em quem glorifiquei meu Nome, Ouvi-o.”

E aconteceu que ao voltarem seus olhos para o céu; eis que viram um Homem descendo do céu; e ele estava vestido com uma túnica branca; e ele desceu e colocou-se no meio deles; e os olhos de toda a multidão estavam voltados para Ele e não se atreviam a abrir a boca, nem sequer uns para os outros; e não sabiam o que aquilo significava, porque suponham que era um anjo que lhes aparecera

E aconteceu que estendeu a mão e falou ao povo dizendo:
- “Eu sou Jesus Cristo, cuja vinda ao mundo foi testificada pelos profetas.”
- “E eis que Eu sou a luz e a vida do mundo; e bebi da taça amarga que meu Pai me deu e glorifiquei o Pai, tomando sobre mim os pecados do mundo, no que me submeti a vontade do Pai em todas as coisas desde o princípio.”

E aconteceu que quando Jesus pronunciou estas palavras, toda a multidão caiu por terra; porque lembraram de que havia sido profetizado entre eles que Cristo lhes apareceria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário